Notícias

Governo Federal divulga diretrizes do Programa Avança Paradesporto do Brasil

Quinta, 12 de Maio de 2022, 18h00
imprensacbbd
imprensacbbd

Permitir o acesso gratuito ao paradesporto de rendimento e alto rendimento, inclusive de modalidades não-paralímpicas. Esse é o principal objetivo do novo programa do Ministério da Cidadania, batizado de Avança Paradesporto do Brasil. As diretrizes da iniciativa foram divulgadas no dia 02 de maio, no Diário Oficial da União.


Estados, municípios, Organizações da Sociedade Civil, instituições e clubes que já trabalham com o paradesporto poderão receber suporte financeiro do Governo Federal para melhorar suas atividades e condições para o alto rendimento dos atletas.


- O programa vem para suprir uma lacuna importante no desenvolvimento do paradesporto no Brasil, para aprimorar aquelas equipes que estão no município, na comunidade, e fazer com que elas conquistem resultados relevantes - afirmou o secretário nacional de Paradesporto do Ministério da Cidadania, Agtônio Guedes.


Segundo ele, a iniciativa vai promover o crescimento sustentável do número de atletas de alto nível, a partir da melhoria das condições de treinamento. 


- As equipes terão condições de contratar treinadores, multiprofissionais cada vez mais qualificados, e terem acesso a equipamentos e materiais de excelência. Isso auxilia também, indiretamente, o desenvolvimento de programas de iniciação e a formação de jovens atletas - prosseguiu.


A criação do programa se pautou em informações divulgadas pelo Instituto de Pesquisa Inteligência Esportiva da Universidade Federal do Paraná (UFPR), segundo as quais 83,72 dos municípios brasileiros não possuem projetos voltados ao nível de excelência paradesportiva.


- Para que esse cenário seja modificado, o Programa Avança Paradesporto inaugura uma política pública para o fomento, capacitação e ampliação da visibilidade do esporte para a pessoa com deficiência em níveis de alta performance no Brasil - pontuou o secretário especial de Esporte do Ministério da Cidadania, Marcelo Magalhães.


Estados, municípios, Organizações da Sociedade Civil, instituições e clubes poderão receber apoio financeiro para atender maior número de atletas paradesportivos e melhorar a qualidade dos treinamentos


O Programa será executado via Emenda Parlamentar. A intenção é que cada estado tenha, pelo menos, um núcleo do Avança implantado por uma instituição ou clube beneficiado. Os requisitos para isso são: mínimo de uma e máximo de duas modalidades, inclusive modalidades não-paralímpicas; oferta de treinamento de, no mínimo, quatro vezes por semana para cada atleta; atender o mínimo de 15 e o máximo de 25 atletas; além de oferecer estrutura física adequada.


A Secretaria Nacional de Paradesporto disponibilizará cursos de capacitação nas modalidades Ensino à Distância (EaD) direcionado a todos que trabalham no âmbito do Programa Avança Paradesporto do Brasil, como coordenadores, técnicos, profissionais de saúde, estagiários de Educação Física, calheiros e guias.


Fonte: Assessoria de Comunicação – Ministério da Cidadania

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias