Notícias

Escola Paralímpica de Esportes do CPB conta com mais de 200 alunos e ainda há vagas

Domingo, 24 de Outubro de 2021, 22h00
imprensacbbd
imprensacbbd

As aulas da Escola Paralímpica de Esportes do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) recomeçaram no último dia 4, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, e atualmente, cerca de 200 alunos frequentam as atividades.


A Escola Paralímpica do CPB retornou após mais de um ano e seis meses suspensa devido à pandemia da Covid-19. O projeto é idealizado e realizado pelo CPB e tem como objetivo promover a iniciação de crianças com deficiência física, visual e intelectual na faixa etária de 10 a 17 anos em nove modalidades paralímpicas.


As nove modalidades contempladas são: atletismo, bocha, futebol de 5, goalball, judô, natação, parabadminton, tênis de mesa e vôlei sentado. Todas compõem o atual programa dos Jogos Paralímpicos, estabelecido pelo Comitê Paralímpico Internacional (IPC, sigla em inglês).  


Ainda há vagas para participar do projeto de iniciação esportiva, basta preencher a ficha de cadastro abaixo:


FICHA DE INSCRIÇÃO 


Para mais informações sobre o projeto, entrar em contato pelo e-mail: escolaparalimpica@cpb.org.br  


Os alunos são atendidos dois dias por semana, divididos em turmas às segundas e quartas-feiras e terças e quintas-feiras, em dois horários: das 14h às 15h30 e das 16h às 17h30.  


As aulas retornaram com os seguintes protocolos sanitários: todos deverão utilizar máscara, com exceção dos alunos no momento das atividades; os acompanhantes deverão apresentar o comprovante de vacinação contra Covid-19, assim como os alunos dentro da faixa etária do Programa Nacional de Vacinação.


As crianças recebem uniforme e lanche durante o período que estão no CT Paralímpico. Também é oferecido transporte em locais estratégicos nos municípios parceiros. Todos os serviços são oferecidos gratuitamente.   


Patrocínio

A Escola Paralímpica de Esporte conta com o patrocínio do Grupo Volvo via Lei de Incentivo ao Esporte do Governo Federal.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias