Notícias

Publicadas estratégias para desenvolvimento global do badminton

Quarta, 09 de Dezembro de 2020, 07h58
A Federação Mundial de Badminton (BWF) em colaboração com a Special Olympics International (SOI) publicou sua Estratégia de Desenvolvimento Global para desenvolver o badminton e fornecer oportunidades significativas para pessoas com deficiência intelectual se envolverem em todos os aspectos do badminton.

Isso ocorre após a assinatura de um Memorando de Entendimento em 2019 entre as duas organizações.

O badminton é um esporte em rápido desenvolvimento no mundo das Olimpíadas Especiais e atualmente tem mais de 370.000 jogadores envolvidos no jogo globalmente. Apenas entre 2018 e 2019, mais 62.000 novos atletas da Special Olympics com e sem deficiência intelectual pegaram suas raquetes e se dirigiram para as quadras, demonstrando o potencial do esporte para crescer e alcançar mais jogadores globalmente com suporte adicional.

A nova estratégia entre as duas organizações está centrada em quatro Áreas de Resultados - Desenvolvimento, Eventos, Parcerias e Comunicação - e será implementada com a assistência de parceiros regionais e nacionais da BWF e da SOI.

O presidente da BWF, Poul-Erik Høyer, disse: “Em linha com o nosso lema de que o badminton é um esporte para todos, estamos comprometidos em fornecer oportunidades de participação para todos.

“Espera-se que esta estratégia promova o estabelecimento de mais plataformas para permitir que crianças e adultos com deficiência intelectual experimentem o badminton o tempo todo.

“Tivemos grande sucesso colaborando com a SOI nos últimos 12 meses e os números sugerem que a aceitação do badminton entre os atletas da Special Olympics está aumentando globalmente.”

A parceria entre a BWF e a SOI já está dando resultados. No ano passado, 16 novas parcerias federais em nível nacional entre os programas nacionais da Special Olympics e as federações nacionais de badminton foram formalizadas. Cinco das novas parcerias da federação nacional apoiaram a introdução do badminton em um programa da Special Olympics (Special Olympics Fiji, Special Olympics Guam, Special Olympics Papua Nova Guiné, Special Olympics Lituânia e Special Olympics Noruega).

O presidente da SOI, Tim Shriver, acrescentou: “Aplaudo a liderança da BWF e dos membros da associação por incluir as Olimpíadas Especiais na concepção deste plano estratégico.

“O ato simples, mas comovente, de se comprometer a colocar uma raquete de badminton nas mãos de cada atleta da Special Olympics abrirá as portas para uma saúde melhor, novas amizades através do esporte e comunidades mais inclusivas.”


Texto: BWF Tradução Livre: CBBd

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias