Notícias

CBBd recebe Comissão de Atletas do Parabadminton

Quarta, 12 de Fevereiro de 2020, 14h11
CBBd recebe Comissão de Atletas do Parabadminton

      Na correria de um jogo e outro no Brazil Parabadminton International, ainda houve tempo para um momento muito importante e crucial para o desenvolvimento do parabadminton no Brasil. Um encontro entre a CBBd, a Comissão de Atletas de Parabadminton e CNA (Comissão Nacional de Arbitragem), onde discutiram as dificuldades, estratégias e os rumos que o parabadminton deverá seguir.


      Romulo Júnior, atleta de parabadminton pediu mais comprometimento da Confederação: “não estamos pedindo muito, a gente só quer ser ouvido, é muito fácil querer enxergar um outro mundo que você não vive, é diferente, a gente quer que vocês se coloquem no nosso lugar e ver que é muito ruim a falta de reconhecimento. Aqui no Brasil o parabadminton não tem muita estrutura, poucos sabem a nossa luta de tá jogando e tá aqui nesse torneio”. 


      Vicente Júnior, vice presidente da Confederação Brasileira de Badminton prometeu mais discussão e melhorias ao paratletas “ a gente tem o entendimento que o Parabadminton precisa de atenção. Estamos aqui abrindo essa caixa de diálogo para que isso se mantenha sempre, queríamos que vocês entendessem também que estamos empenhados em fazer melhorias. Sei que não está 100 mas nos comprometemos a  ouvi-los para chegar mais perto disso”


      Outro ponto debatido foi os problemas extra quadra que todos enfrentaram por causa da mudança de local do torneio e também da grande chuva que acometeu a cidade de São Paulo na última segunda-feira, primeiro dia de competição, que acabou com a maioria dos atletas “ilhados” nos hotéis que estavam hospedados e com isso não comparecendo aos jogos.

 

      “Nós fizemos e estamos fazendo de tudo que está ao nosso alcance para que tudo ocorra bem, as dificuldades que sugiram foram enfrentadas e resolvidas dentro de nossas possibilidades, durante esses dias de competição e no decorrer do ano podem nos chamar para ajudar em qualquer situação, precisamos nos aproximar, conversar mais, ouvir vocês, nós estaremos sempre abertos para recebe-los” esclarece Vicente.

Durante o encontro foi pedido também uma maior aproximação da comissão de arbitragem com os paratletas. Alecson Maia presidente da CNA atendeu o pedido “Já estamos com esse processo de desenvolvimento, vamos passar transmitir o tão bom que é o parabadminton para todos os árbitros do Brasil, e passar a mandar somente os que gostam mais da modalidade”.


      Ao final do encontro Maria Gilda que também é paratleta fez questão de fazer um convite também na intenção de ter um melhor entendimento do parabadminton. “Quero fazer aqui um convite a todos vocês, para um dia de vivência, todo mundo sentar em uma cadeira de rodas e irmos a um passeio, para verem como é as nossas dificuldades, nossos obstáculos, nossas limitações, se em um dia normal de passeio é muito difícil, imagina em uma competição internacional esportiva, com isso eu quero mostrar pra vocês o meu profissionalismo e como é meu esporte”


      Arthur Veloso que é coordenador do parabadminton promete que vai fazer melhorias, principalmente em questão de campeonatos, “ estou anotando tudo o que está acontecendo aqui, os acertos vou levar para os campeonatos nacionais, e os erros corrigi-los”.


<

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias