Notícias

Pela primeira vez na história Brasil disputa ouro nos Jogos Panamericanos Lima 2019

Sexta, 02 de Agosto de 2019, 09h20
Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br
Abelardo Mendes Jr/ rededoesporte.gov.br
O Badminton do Brasil está fazendo história em Lima. Mesmo antes do fim da competição, a modalidade já garantiu cinco medalhas, ultrapassando o desempenho de três pódios em Toronto, já que o país traz pra casa quatro bronzes, nas duplas masculinas com os irmãos Francielton e Fabrício Farias, nas duplas femininas com Fabiana Silva/Tamires Santos e Jaqueline/Sâmia Lima, e Fabrício Farias e Jaqueline Lima nas duplas mistas.

E também pela pela primeira vez na história um brasileiro vai disputar a final do torneio individual masculino dos Jogos Pan-Americanos. O feito foi obtido na noite desta quinta-feira por Ygor Coelho, que derrotou o canadense Jason Ho-Shue, de virada, por 2 sets a 1 com parciais de 20/22, 22/20 e 21/8, e agora vai enfrentar, na decisão da medalha de ouro, Brian Yang, também do Canadá, às 14h desta sexta-feira (às 16h horário de Brasília).

“Me emocionei no final, queria chorar porque vem muita coisa na cabeça: o projeto social do meu pai, minha história de morar fora e todas as dificuldades… Todo o esforço, sacrifício… os esporros (risos). Tudo está valendo a pena”, afirmou Ygor Coelho, logo após a partida.

Na última partida entre os dois finalistas, Yang levou a melhor e venceu no Brasil Open, em maio deste ano, com parciais de 21/19, 13/21 e 21/17. “Espero jogar o meu melhor, mas eu também ganhei dele este ano, no México. Agora está 1 a 1 e vamos ver o que vai acontecer. Espero jogar o meu melhor badminton e lutar como eu lutei hoje”, afirmou Ygor Coelho, se referindo à vitória, no final de abril, pelas oitavas de final do Campeonato Pan-Americano, disputado no México, com parciais de 15/21, 21/13 e 21/18.


Na história, Ygor Coelho leva vantagem, já que no primeiro confronto entre eles, o brasileiro bateu o canadense por 21/16 e 21/13 nas quartas de final do Campeonato Pan-Americano de 2018.

Além de se garantir na final em Lima, Ygor Coelho conseguiu outro feito. Foi o primeiro brasileiro a vencer um canadense na história dos Jogos Pan-Americanos. Até a partida desta quinta-feira, o Canadá tinha 15 vitórias e nenhuma derrota contra os atletas do país. Agora, para chegar ao título, o carioca de 22 anos terá que vencer mais um atleta do país da América do Norte.

Além da classificação de Ygor Coelho para a final, o Brasil disputou outras quatro semifinais. O país ficou com quatro bronzes, dois deles nas duplas femininas com Fabiana Silva/Tamires Santos e Jaqueline Lima/Samia Lima, um nas duplas masculinas com Fabrício Farias/Franciélton Farias e um nas duplas mistas Fabrício Farias/Jaqueline Lima.


Pela manhã, os irmãos Fabrício e Franciélton Farias foram derrotados pelos americanos Phillip e Ryan Chew na semifinal do torneio de duplas masculinas por 20/22, 21/13 e 21/17, enquanto Fabiana Silva e Tamires Santos caíram diante das canadenses Rachel Honderich e Kristen Tsai por 21/8 e 21/5.


De noite, também nas duplas femininas, Jaqueline e Samia Lima foram derrotadas por Kuei-Ya Chen e Jamie Hsu, dos Estados Unidos por 17/21, 21/13 e 21/18. 


Para completar, Fabrício Farias e Jaqueline Lima, nas duplas mistas, perderam para os canadenses Joshua Hulburt-Tu e Josephine Wu por 20/22, 21/17 e 21/13.

Links Relacionados (Clique nos links para visualizá-los) :

<

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias