Notícias

1ª Etapa Nacional revela nível promissor do badminton nacional após disputadas finais neste domingo.

Segunda, 26 de Março de 2018, 12h44
Tecnologia da Comunicação/CBBd/HM
Tecnologia da Comunicação/CBBd/HM
Terminou neste domingo, dia 25, no ginásio Alcides Pan, em Toledo/PR, a 1ª Etapa do Circuito Nacional de Badminton, torneio disputado por 332 atletas nessa edição que abre o calendário 2018 e já demonstra o sucesso do evento que conta com participação de 48 clubes, de 14 estados da federação.


Os games iniciaram no último dia 22 e as finais dos jogos foram disputadas entre os melhores atletas do Brasil onde os resultados obtidos no torneio contam pontos para o Ranking Nacional – RK 52 das categorias Principal e Jovem (Sub 11 a 19 anos). 

O estado com maior número de participantes foi o Paraná, com 102 atletas ao todo. O clube com maior participação foi a Ação Social São Vicente de Paulo (PR) com 42 atletas inscritos. 


Do total de 261 inscritos, 280 são do sexo masculino e 112 do feminino, onde no torneio disputaram jogos nas modalidades Simples Masculina (SM), Simples Feminina (SF), Duplas (Masculina (DM), Feminina (DF) e Mista (DX) e os resultados obtidos no torneio contarão pontos para o Ranking Nacional – RK 52 das categorias Principal e Jovem.


Houve um número considerável de participantes acrescido à última edição do Campeonato Brasileiro de Badminton, realizada em Fortaleza, no Ceará, o que já garantiu muito mais emoção aos games que envolvem clubes de todo o Brasil, chegando os games a serem disputados em três sets, devido ao nível aprimorado alcançado pelos jogadores, onde algumas partidas foram disputadas a noite para que se cumprisse a tabela dos jogos.


Na abertura houve presença de autoridades nacionais do badminton, e de autoridades da comunidade desportiva.


Um Congresso técnico foi realizado antes das partidas, assim como reunião com a arbitragem. A entrada no ginásio foi franca.

O badminton alcançou um elevado nível de desempenho e organização através de uma série de ações gerenciais e técnicas que alçam a modalidade olímpica a patamares de qualidade outrora não percebidos, no que se tornou a realidade inquestionável de ser a terceira maior potência das Américas. 


Desde a disposição das quadras, às formações de espaços para técnicos, árbitros e atletas, a estrutura possui serviço exclusivo de saúde e primeiro atendimento de urgência, tudo isso distribuído e uma completa estrutura que possui onde estão sendo realizados os jogos.


O relatório final do Nacional de Toledo com o quadro geral de medalhas foi o seguinte:

1º JOCA (PI) - 17 ouro
2º MIRATUS (RJ) - 7 ouro
3º Esporte Clube Pinheiros (SP) - 1,5 ouro

Anexos Relacionados (Clique nos links para visualizá-los) :

Links Relacionados (Clique nos links para visualizá-los) :

<

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias