Notícias

Parabadminton de Toledo faz história no Internacional no Peru

Terça, 08 de Agosto de 2017, 16h10
SrCom-Serviços Jornalísticos / Silmar Ramos de Oliveira
SrCom-Serviços Jornalísticos / Silmar Ramos de Oliveira
Há alguns anos o Parabadminton de Toledo deixou de ser apenas mais uma equipe para se tornar uma referência no país. A partir daí a busca por resultados foi só uma questão de tempo e depois do bronze de Cintya Oliveira, no Mundial na Inglaterra, em 2016, os paratletas só evoluíram para neste fim de semana conquistarem mais um feito histórico, desta vez no Internacional, em Lima, no Peru, encarando adversários de países como Japão, Peru, Colômbia, Rússia dentre outras potências da modalidade.  

Foram quatro medalhas de bronze conquistadas na dupla masculina SL3/SL4 com Leonardo Zuffo e Breno Johann, na dupla mista SL3-SU5 com Breno Johann e Cyntia Oliveira, na simples masculina SL3 com Breno Johann e na simples feminina SU5 com Cintya Oliveira. As pratas vieram na simples masculina SL4 com Leonardo Zuffo e na dupla feminina SL3/SL5 com Cintya Oliveira e Cassia Araújo, paratleta de Brasília (DF).  

Para Fábio Bento, técnico da equipe toledana e da seleção brasileira, os resultados se confirmaram em função da excelente fase de treinamentos e do foco dos atletas que foram bastante exigidos e associaram a importância desta competição.

“Nossos paratletas mais experientes mostraram bastante maturidade competindo em alto nível e os mais novos também demonstraram que possuem muita habilidade para ser explorada daqui para frente. Foi toda essa dedicação e força de vontade que rendeu esses excelentes resultados para o país”, frisou o técnico que espera ajudar o Brasil a se manter no topo do ranking mundial e preparar o país para as próximas Paralimpíadas em 2020 no Japão.

O técnico Fábio Bento e o paratleta Renan Rosso viajaram para o Peru através do Projeto Agitos, desenvolvido na parceria entre a BWF, Comitê Paraolímpico Internacional (IPC) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) para fomentar a modalidade no país. Além de comandar a seleção, o “coach” também participou de vários cursos com metodologia a ser aplicada no desenvolvimento do parabadminton.

O curitibano Vítor Gonçalves também acompanhou a delegação brasileira e trouxe na mala duas medalhas de ouro.

A partir de agora, o Parabadminton de Toledo descansa por uma semana e depois já volta a preparação para disputar a etapa Nacional de São Paulo que será disputada como preliminar do Internacional do Brasil, no mês de setembro, também na capital paulista. 
<

CBBd no Twitter

Últimas Notícias CBBd

Mais Notícias